Como combater a flacidez

Muitas mulheres sentem-se atormentadas pelo mesmo fantasma a flacidez Ela apareceem partes bem visadas como as coxas a barriga o bumbum e os braços Este é um processo lento e progressivo que faz com que as fibras de sustentação da pele o colágeno e a

Como combater a flacidez Imagem Principal
Várias mulheres sentem-se atormentadas pelo mesmo fantasma: a flacidez. Ela aparece em partes bem visadas como as coxas, a barriga, o bumbum e os braços. Este é um processo lento e progressivo que faz com que as fibras de sustentação da pele, o colágeno e a elastina, enfraqueçam com o passar do tempo, principalmente por causa do envelhecimento natural do organismo. Além deste fator, a genética influencia consideravelmente no aparecimento da flacidez. Mas ainda não é só: outros fatores também contribuem para o desgaste das fibras como: a falta de ginástica (favorece a flacidez dos músculos), a exposição em excesso ao sol (destrói as fibras elásticas) e a alimentação inadequada (pobre em proteínas e rica em gorduras). Não há como negar: músculos sutilmente volumosos e bem torneados deixam a mulher mais bonita e sensual. Para isso, é essencial fazer atividades físicas regularmente, e evitar problemas desagradáveis como a flacidez e a celulite, mesmo que você tenha propensão em adquiri-las. Agora, quando estes inconvenientes companheiros já se instalaram, ainda assim, a ginástica (principalmente a musculação) se torna um poderoso aliado. Não há dúvidas: fazer exercícios com peso, enrijece os músculos e tonifica a pele, melhorando muito os casos de flacidez. Com exceção de alguns casos onde a flacidez é muito acentuada (como na pessoa que emagrece muito e rápido, sem fazer exercícios, ou após uma gravidez em que a mulher engordou demais) se torna necessário recorrer à cirurgia plá...